Ambiente Corporativo, Consultoria, Controle, Destacado, Destaque, Geral, Gestão

DASHBOARDS (PAINÉIS DE CONTROLE) – parte I

Dashboards INa dica de hoje, vamos abordar mais um assunto muito importante no mundo dos negócios. É impossível falar de Dashboards sem falar em controle. Em vários posts anteriores, mencionamos o quão importante é o controle dentro das empresas. Ao abordarmos este assunto, estamos englobando:

  1. Controle de estoque – prazo médio, giro, estoque máximo e mínimo, ponto de pedido, etc.
  2. Controle financeiro – saldos bancários, dívidas, necessidade de capital de giro, prazo médio de pagamentos e recebimentos, % de lucratividade, etc.
  3. Controle contábil – índices do balanço patrimonial, EBITDA, margem, etc.
  4. Controle de Pessoas – índice de retenção de talentos, turnover (rotatividade de funcionários), capacitação e treinamento, folha de pagamentos, seus benefícios e impostos envolvidos.
  5. Controle Administrativo – gestão de ativos, gestão de contratos, gestão de seguros, etc.
  6. Controle de Produção – Valor de homem-hora, capacidade x ociosidade produtiva, gestão de gargalos e outros controles operacionais.

Cada segmento de negócio possui características bem específicas e faz-se necessário controlar a operação de forma plena, para que se possam alcançar os objetivos pretendidos, inclusive determinando metas a partir de resultados anteriores. Como já falamos bastante sobre ferramentas de controle, decidimos abordar o Dashboard, que nada mais é do que uma forma de visualizar graficamente os resultados obtidos de forma clara e didática.

Uma outra definição para o Dashboard é que ele representa uma exibição de conjuntos de dados relacionados e é geralmente utilizado para avaliação de desempenho, para se obter uma rápida verificação do status da empresa, monitorar o trabalho de acordo com as metas globais da empresa. Os Dashboards resumem os principais indicadores empresariais (mais relevantes a cada segmento de negócio), sendo sempre apresentados em documentos interativos, fáceis de usar e visualmente intuitivos.

Características dos Dashboards

Um Dashboard possui alguns atributos principais:

  • Fáceis de visualizar e bastante intuitivos;
  • Normalmente se encaixa em uma página;
  • Exibe principais tendências, comparações e dados de forma gráfica, normalmente sobre uma base de tempo;
  • Fornece ao usuário conclusões relevantes para que ele não precise fazer sua própria análise em torno dos dados;
  • Muitas vezes inclui recursos interativos, como listas suspensas e possibilidade de alteração no modo de exibição das informações;
  • Deve ser exibido de forma on-line, não impresso;
  • Deve ser sempre atualizado, para que a informação apresentada seja a mais relevante possível.

Apresentação dos Dashboards

Há vários aplicativos para apresentação de Dashboards: Tableau, Qlik View ou SpotFire, mas, normalmente, são utilizadas planilhas de Excel, pela facilidade com que este programa tem em gerenciar tabelas, consolidar dados e montar gráficos específicos. Podem ser utilizadas tabelas ou gráficos dinâmicos, que permitem ao usuário interagir com as informações, seja alterando a base de tempo ou o índice a ser medido (com listas suspensas). Existem ainda gráficos em forma de painéis semelhantes aos medidores de combustíveis dos veículos, para indicar a posição de uma medida (por exemplo, o nível de estoque).

Abaixo podemos ver alguns exemplos de Dashboards:

Modelos Dashboards

Por ser um assunto bastante extenso, nos próximos 2 posts, vamos revelar 30 dicas de como elaborar um Dashboard de qualidade para apresentação na sua empresa.

A Priority Partners é especialista na criação de ferramentas de controle e apresentação de indicadores em Dashboards. Conte com a gente!

Equipe Priority Partners

www.p1p.com.br

Author


Avatar